0
  • Carrinho vazio

    Você não tem nenhum item no seu carrinho de compras

0
  • Carrinho vazio

    Você não tem nenhum item no seu carrinho de compras

Enter your keyword

post

A importância do autoconhecimento para desenvolver a inteligência emocional

O autoconhecimento é a base para o desenvolvimento da inteligência emocional. Autoconhecer-se é buscar a autopercepção consciente, na qual mantemos uma atenção permanente aos nossos sentimentos, de modo a perceber de que tipo são as emoções que vivenciamos.

Suponhamos, por exemplo, que você tenha algo muito importante para fazer no dia seguinte como uma prova, e não consegue dormir preocupado com os acontecimentos que se sucederão. Se buscar refletir sobre os seus sentimentos, a autopercepção consequente à reflexão vai-lhe permitir concluir: O que eu estou sentindo é ansiedade e angústia. Essa consciência das emoções é uma aptidão emocional fundamental que estará gerando o autodomínio, permitindo que você controle os seus sentimentos, transformando-os quando inadequados.

Você vai gostar de ler: Como superar o ciclo de autossabotagem do perfeccionismo

Ao perceber a ansiedade, que é resultante da ilusão de que você pode controlar o tempo futuro, você pode, por exemplo, fazer exercícios de respiração profunda, buscando concentrar a sua mente no tempo presente, prestando a atenção em sua respiração, sem se preocupar com o seu sono naquele momento. Ao prestar a atenção em sua respiração e se desligar do tempo futuro você relaxa e daqui a pouco estará dormindo tranquilamente.

Raramente as pessoas agem assim, pois quanto mais se preocupam, mais ansiosas e angustiadas ficam por não conseguir dormir e se dar mal na prova do dia seguinte, terminando por passar a noite em claro. Por isso, é fundamental se conhecer e utilizar técnicas de relaxamento e meditação para poder se asserenar.

É importante frisar que tal atitude não tem nada a ver com a repressão do sentimento de ansiedade. A repressão não é fruto da consciência das emoções, e sim um movimento de bloqueio à sua manifestação, fato que estará mascarando os problemas.

Quando trabalhamos com a autoconsciência, permitimo-nos uma postura proativa, isto é, agimos de forma a evitar os problemas ocasionados pela ansiedade, estamos conscientes de que a melhor solução é detectá-la, e não simplesmente reprimi-la.

Quanto mais exercitamos o autoconhecimento maior será a nossa capacidade de autodomínio e, consequentemente, maior será  a nossa inteligência emocional.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Olá!
Precisa de ajuda?