0
  • Carrinho vazio

    Você não tem nenhum item no seu carrinho de compras

0
  • Carrinho vazio

    Você não tem nenhum item no seu carrinho de compras

Enter your keyword

post

Como superar o ciclo de autossabotagem do perfeccionismo

O perfeccionismo é um dos sentimentos que mais geram sabotagem no desenvolvimento pessoal porque tende a paralisar a pessoa que o cultua.

Perfeccionismo significa literalmente: culto a perfeição. A pessoa perfeccionista é aquela tem muito medo de errar e, por isso, procura fazer tudo perfeito, certinho, sem o mínimo erro. Exige essa perfeição de si mesma e das outras pessoas também.
Quando algo sai errado, como é comum acontecer, o perfeccionista não aceita o erro. Culpa-se e pune-se por isso, quando é ele mesmo a errar, ou culpa e pune a outrem, quando outra pessoa praticou o ato errado.
Observando-se as aparências, podemos achar que ter perfeccionismo é algo bom, pois a pessoa está sempre procurando fazer as coisas perfeitas, pelo medo terrível que ela tem de errar. Mas isso é muito diferente da virtude da busca de aperfeiçoamento, pois quem está nesse caminho aceita que ainda não é perfeito e, portanto, admite o erro, analisando-o como um processo de aprendizado e crescimento interior.

Leia também: Como curar a criança interior ferida

É fundamental desenvolver uma virtude chamada sentimento de aprendiz. Quem se sente um aprendiz da vida dá o melhor de si mesmo para fazer escolhas conscienciais, ou seja, quando faz algo, age dando o melhor que pode para fazer aquilo bem feito, sabendo que pode acertar ou cometer erros e acontecer grandes ou pequenas imperfeições em sua ação. Isso é normal e não é nada execrável, como acredita o perfeccionista.
Uma pessoa consciente jamais age com negligência quando realiza uma ação, nem tampouco exige de si mesma uma perfeição que não é possível. Entretanto, mesmo dando o melhor que pode, admite que pode errar e o erro é uma oportunidade para aprender e se superar. O perfeccionista jamais admite essa possibilidade.
A causa do perfeccionismo é um processo que o indivíduo passa a ter como resultado de ações impulsivas realizadas em algum momento do seu passado e que geraram sofrimento para si. Isso produz uma tendência no perfeccionista de se culpar intensamente quando comete algum erro.  Em virtude disso, a pessoa sai de um extremo no qual fez muitas escolhas impulsivas equivocadas e vai para o outro no qual exige de si mesma perfeição para jamais fazer escolhas erradas, por medo de sofrer as consequências do erro.
O resultado disso é uma exigência de perfeição, levando o perfeccionista a fazer escolhas movidas pelo medo das consequências e pela culpa, processo que termina por sufocá-lo em ações que sabotam a sua harmonia e, paradoxalmente, dificultam o processo de fazer as coisas bem feitas.
Resumo do ciclo de autossabotagem gerado pelo perfeccionismo:

Para superar o ciclo de autossabotagem do perfeccionismo a pessoa deve buscar o aperfeiçoamento constante tendo consciência de que é um aprendiz da vida e, por isso exercita as virtudes do sentimento de aprendiz, da humildade, da mansidão, da compaixão, da autoaceitação e da flexibilidade, dentre outras, acolhendo-se quando erra, pois sabe que pode aprender com os seus erros. Como faz isso consigo mesma, exercita isso com os outros também.
Dessa forma, a pessoa faz escolhas reflexivas para agir de forma justa e amorosa consigo mesma, acolhendo-se todas as vezes que erra, assumindo uma postura de responsabilidade e aprendizado frente aos erros, buscando repará-los e aperfeiçoando-se sempre.
 Resumo da superação do ciclo de autossabotagem gerado pelo perfeccionismo:

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Olá!
Precisa de ajuda?