0
  • Carrinho vazio

    Você não tem nenhum item no seu carrinho de compras

0
  • Carrinho vazio

    Você não tem nenhum item no seu carrinho de compras

Digite a palavra chave

post

Pensamento e sentimento: uma dupla dinâmica

Pensamento e sentimento: uma dupla dinâmica

Baseado no livro “Como passar em concursos públicos e outras provas utilizando a sua energia mental” de Alírio de Cerqueira Filho

Você já reparou que os pensamentos nunca andam sozinhos? Tudo o que pensamos está relacionado com algum sentimento. Por exemplo, em pensamentos de dúvida, tipo “será que vou dar conta?”, “será que vai dar certo?”, sentimos tensão, insegurança e ansiedade, enquanto que pensamentos otimistas, tipo “eu estou preparado e vou dar o meu melhor”, “vou me esforçar mesmo que seja difícil”, irão manifestar sentimentos de bem-estar, harmonia e superação.

Nesse sentido, é um pouco mais fácil saber o que estamos sentindo do que observar os pensamentos que estamos produzindo. Isso acontece porque o sentimento mexe com o nosso corpo, a nossa respiração, nossos batimentos cardíacos, são bem imediatos, mas os pensamentos podem passar despercebidos. Conforme nos explica Alírio de Cerqueira Filho, em seu livro, isso ocorre porque a energia mental dos pensamentos é mais abstrata e a energia dos sentimentos é sentida de forma concreta do corpo físico.

Dessa forma, quando você tem pensamentos positivos, tem sentimentos positivos. O contrário também é verdadeiro. Já percebeu que quando estamos com medo só lembramos de coisas ruins e o medo vai só aumentando? Se, por exemplo, você tem algo importante a realizar amanhã, como a prova do vestibular, começa a pensar: Será que eu vou conseguir fazer a prova direito? Será que vou ter algum problema na hora que eu for resolver as questões? Será que vou ter lapsos de memória? Esse tipo de pensamento evoca sentimentos como insegurança, medo e ansiedade. O que você está fazendo? Está se programando para se dar mal na prova do vestibular. A sua energia mental está sendo utilizada de forma negativa para que amanhã o seu desempenho seja péssimo. É como se o motor super potente que você tem está sendo conduzido por um motorista pouco habilidoso.

Quando o nosso pensamento é negativo, vem a sofrência e entramos num padrão mental super desequilibrado, que geram muitos conflitos e problemas emocionais. De que forma, então, podemos mudar nossos pensamentos negativos? Num passe de mágica? Não! Até mesmo porque não foi com um passe de mágica que começamos a ter pensamentos negativos. Nós construímos esses pensamentos e podemos reconstruí-los. Um pensamento ruim é um pensamento que pode deixar de ser ruim, fazendo exercícios de mudar o tal pensamento toda vez que ele aparecer.

Você também vai gostar de ler: O que é essa tal “energia mental” e o que isso tem a ver com o Enem?

 E o sentimento nisso tudo? Vamos a ele: Sentimento!

O nome já diz, sentimento é o tudo que nos faz sentir! Os sentimentos expressam a nossa capacidade de conhecer, compreender, sentir e compartilhar emoções, ou seja, as coisas mais abstratas da vida. Emoção é o nome que damos quando um sentimento mexe bastante com a gente.

Assim, a dupla dinâmica está formada: pensamentos negativos terão sentimentos correspondentes e irão repercutir no corpo de maneira equivalente, da mesma forma, pensamentos positivos terão sentimentos correspondentes e irão repercutir no corpo equivalentemente. Ou você consegue abrir um sorrisão (sincero e verdadeiro) quando está no auge da irritação? Ou, então, vai dizer que você não fica na maior animação quando seu crush corresponde às suas cantadas? Sentimentos a gente não engana e pode saber, tem muitos pensamentos por trás desses sentimentos também.

            Agora, você lembra desse esquema?


Pois é, falamos da energia mental, do pensamento e do sentimento, mas e a vontade? É o que falaremos no próximo artigo! Até lá!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Olá!
Precisa de ajuda?
Powered by