0
  • Carrinho vazio

    Você não tem nenhum item no seu carrinho de compras

0
  • Carrinho vazio

    Você não tem nenhum item no seu carrinho de compras

Digite a palavra chave

post

Saiba quais as funções psíquicas dos chakras para o equilíbrio emocional

Como os chakras são condensadores de energia, a energia mental, formada pelos pensamentos, sentimentos e vontade, está intimamente ligada ao seu bom ou mau funcionamento de acordo com o tipo de energia, construtiva ou destrutiva, que mantemos em nossos pensamentos e sentimentos.
Os chakras são fundamentais para o funcionamento da mente e do corpo, nos proporcionando saúde ou doença, dependendo das energias que canalizamos por eles.

 

A natureza dos chakras

A tabela acima aborda a natureza dos chakras. Os três primeiros chakras (segurança, prazer e poder), localizados abaixo do diafragma, formam uma tríade fisiológica, em que predominam as funções orgânicas responsáveis pela manutenção da vida no corpo físico, e pela afirmação do Ser no mundo.
Os três chakras mais elevados (conhecimento, intuição e transcendência), formam a tríade espiritual superior, em que predominam as funções espirituais responsáveis pela elevação do espírito, conectando-o com a vida maior.
O quarto chakra, o do amor, é a ponte entre as tríades fisiológica e espiritual superior. Ele catalisa as energias dos outros chakras que, para estarem em equilíbrio, necessitam do amor do quarto chakra.

Leia também: As funções dos chakras para o equilíbrio do corpo e da mente

O amor é o elemento gerador e catalisador das energias, que vai permitir o funcionamento equilibrado dos chakras e, consequentemente, de todo o organismo físico.
A expressão e o objetivo principal do chakra cardíaco é o amor incondicional, a compaixão e a ativa demonstração de consciência ética.
Quando aprendemos a desenvolver e a manifestar os aspectos espirituais superiores do chakra cardíaco, torna-se mais exequível para nós promovermos a transmutação das doenças, a partir das energias doces e equilibradoras que recebemos de Deus pelo sétimo chakra, e que são distribuídas, amplamente, pelo chakra do amor.
Para isso é fundamental que estabeleçamos uma vigilância constante em nossos pensamentos e sentimentos para que possamos nos conduzir por uma energia mental construtiva, buscando superar a subconsciência, a partir da consciência plena, rumo à superconsciência.
Quando cultuamos a invigilância, atuamos de forma subconsciente, criando inibição ou congestão das energias que fazem os chakras funcionarem de maneira desequilibrada.
As crenças limitadoras e pensamentos automáticos passivos, juntamente com os sentimentos evocados por eles, geram uma hipoatividade do chakra, que ficará inibido. Assim como as crenças limitadoras e pensamentos automáticos reativos, juntamente com os sentimentos evocados por eles, geram uma hiperatividade do chakra que ficará congestionado.
Nos nossos próximos artigos abordaremos um a um, os sete chakras principais, com as suas respectivas funções.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Olá!
Precisa de ajuda?
Powered by