0
  • Carrinho vazio

    Você não tem nenhum item no seu carrinho de compras

0
  • Carrinho vazio

    Você não tem nenhum item no seu carrinho de compras

Digite a palavra chave

post

Um caminho para a saúde física e mental, saiba porque segui-lo é tão importante nestes tempos de pandemia

Um caminho para a saúde física e mental, saiba porque segui-lo é tão importante nestes tempos de pandemia

Neste artigo, vamos refletir sobre como podemos trilhar um caminho que nos conduz à saúde física e mental e porque isso é muito importante nestes tempos de pandemia do coronavírus.

A ciência da Psicologia teve a sua origem dentro da medicina, particularmente da Psiquiatria.

Os grandes teóricos da Psicologia foram médicos psiquiatras, tais como Wundt, Freud, Jung, Viktor Frankl, Roberto Assagioli, dentre outros.

Entretanto, durante muitos anos a Psicologia ficou restrita à Psiquiatria.

Da década de 70 do século passado para cá, médicos de várias áreas tem se voltado para a Psicologia, especialmente na oncologia, na imunologia, cardiologia, na homeopatia dentre outras especialidades.

Gradualmente os médicos em geral começam a entender a grande relação que existe entre o psiquismo e as doenças somáticas, haja vista a grande quantidade de pesquisas que têm sido feitas nesse sentido.

No futuro essa relação irá se estreitar cada vez mais, pois não é possível separar o psiquismo do corpo físico, conforme Samuel Hahnemann já colocava quando criou a medicina homeopática no início do século 19.

Na homeopatia, os sintomas mentais tem primazia na escolha dos remédios adequados para cada pessoa.

Uma das ciências que mais tem sido estudada se chama Psiconeuroimunologia é o estudo das interações entre o psiquismo e os sistemas nervoso, endócrino e imunológico do corpo humano.

A Psiconeuroimunologia adota uma abordagem interdisciplinar, incorporando psicologia, neurociência, imunologia, fisiologia, genética, farmacologia, biologia molecular, psiquiatria, medicina comportamental, doenças infecciosas, endocrinologia e reumatologia.

Você vai gostar de ler: O COMBATE DE MICRORGANISMOS COMO O CORONAVÍRUS E A ENERGIA DOS CHAKRAS

Surgiu após a percepção de que o sistema imunológico não trabalha de forma autônoma como inicialmente suposto.

O principal interesse da Psiconeuroimunologia são as interações entre os sistemas nervoso e imunológico e as relações entre processos mentais e saúde.

Há 30 anos trabalho com uma visão holística de saúde que envolve medicina e psicologia, oferecendo aos pacientes uma visão integral de saúde e de cura, atuando com homeopatia e psicoterapia transpessoal-consciencial.

As pesquisas nessa área tem indicado uma série de fatores fundamentais para que haja realmente o desenvolvimento de saúde.

Neste momento da pandemia ligada ao coronavírus refletir sobre o que os dados dessas pesquisas têm demonstrado é fundamental para que mantenhamos a saúde e não apenas fiquemos focados em nos livrar da doença.

Um sistema imunológico saudável está intimamente ligado ao psiquismo.

Cuidar de nossa mente é fundamental neste momento, tanto para a nossa saúde mental quanto para a nossa saúde física.

Vejamos um caminho para a saúde extraído do livro Com a Vida de Novo, Dr. Carl Simonton, médico oncologista americano.

  1. Participar da saúde: consciência do paciente na participação em sua própria saúde.
  2. Querer se libertar dos “ganhos secundários” da doença: uma doença grave pode trazer “vantagens” colaterais, tais como receber mais carinho e atenção dos familiares e amigos, afastamento de um trabalho maçante etc.

É importante que o paciente foque nos ganhos reais para permitir tudo isso de forma saudável e não por meio da doença.

  1. Aprender a relaxar e a visualizar sua cura: por meio de técnicas de relaxamento e visualização terapêutica.
  2. Valor das imagens mentais positivas: são examinadas as imagens mentais negativas que estão produzindo a doença para substituí-las pelas imagens mentais positivas.
  3. Superar o ressentimento: não de forma imposta do tipo “você tem que perdoar”, mas com técnicas apropriadas de liberação de emoções para permitir o perdão aos outros e a si mesmo.
  4. Estabelecer objetivos para o futuro: quando a pessoa tem um sentido para a própria vida presente e futura os processos de cura se dão com mais eficiência.
  5. 7. Um guia mental para a saúde: sob a forma de visualização, o paciente é estimulado a comunicar-se com um Terapeuta Interior, para ser um aliado que o apoie em seu processo de recuperação.

No Instituto Brasileiro de Plenitude Humana realizamos um trabalho para tratar de uma forma profunda as doenças, focados em uma proposta de saúde em uma abordagem transpessoal-consciencial.

Se você gostou do artigo, compartilhe-o. Deixe o seu comentário sobre o que você achou deste artigo, ou a sua pergunta, se tem alguma dúvida. Sugestões de temas para futuros artigos também são bem-vindos!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Olá!
Precisa de ajuda?
Powered by