0
  • Carrinho vazio

    Você não tem nenhum item no seu carrinho de compras

0
  • Carrinho vazio

    Você não tem nenhum item no seu carrinho de compras

Enter your keyword

post

Está se prejudicando na hora da prova? Como lidar com o problema da auto sabotagem

Está se prejudicando na hora da prova? Como lidar com o problema da auto sabotagem

Baseado no livro “Como passar em concursos públicos e outras provas utilizando a sua energia mental” de Alírio de Cerqueira Filho

Você já reparou como sonhar é fácil e tudo dá certo na nossa imaginação? Mas, às vezes, na hora de colocar em prática as coisas não saem nem perto do que planejamos. Quando o assunto é Enem e outros vestibulares, então, nem se fala. Depois de muito estudar e muito se dedicar, o que pode dar errado? Algumas vezes o problema não está fora, mas na maneira como lidamos com o que vem de fora. Neste artigo vamos falar um pouquinho sobre o autoboicote no processo de nos prepararmos para o Enem e outras provas.
Vamos ver isso na prática! Quando temos pensamentos do tipo: Eu queria tanto passar no Enem para ter a profissão que sempre sonhei, mas é tão difícil. Tem que estudar muito e eu nunca fui bom de estudo; a minha inteligência é muito fraca. Mas mesmo assim eu tenho que tentar. Viver a vida inteira sonhando com uma profissão não dá. Eu tenho que passar. Quem sabe eu consigo. Vai ser difícil, mas posso ter sorte. Qual a ideia a respeito do vestibular esses pensamentos trazem? A de que o vestibular é um verdadeiro pesadelo, um “monstro” terrível.
E diante de um “monstro” desses o que iremos sentir? Os sentimentos serão de baixa autoestima, insegurança, autodesvalorização, ansiedade, derrotismo, raiva, irritação, inquietude, tristeza etc. Uma sofrência de tremer nas bases, gerando um estado emocional de muita ansiedade, tirando o nosso sono, gerando mal-estar, desassossego, desconcentração, etc. Como se não bastasse, nosso comportamento diante do “monstro” do vestibular será repleto de atitudes de fugas, desculpas, desistência, etc. É aí que entra o processo psicológico conhecido como autoboicote.
Fique por dentro:

O que é autoboicote?

O autoboicote é quando prejudicamos a nós mesmos, ou seja, quando puxamos o nosso tapete. Como pode isso? Acontece que não percebemos que estamos nos prejudicando. Ninguém sai por aí super feliz porque vai fazer de tudo para se dar mal, mas se eu acredito que “não mereço passar no vestibular”, “não tenho capacidade” ou “não sou bom o suficiente”, vou acabar desistindo de me esforçar tanto quanto poderia, prejudicando o meu próprio desempenho, ou seja, me autoboicotando. No fundo, no fundo, eu quero muito passar, mas como eu não acredito que realmente posso, acabo desistindo antes da hora e entrego a minha vaga de bandeja.

 
Diante de pensamentos negativos como: Eu não vou conseguir. Não sou capaz de estudar direito. Na hora de provar eu sei que vai dar um “branco”; sempre acontece isso comigo, etc. Qual será o nosso comportamento nessa situação? Na hora da prova não conseguiremos nos concentrar na prova que tanto queremos passar. Olha o autoboicote aí gente!!!

Você também pode gostar: O poder da vontade na realização do Enem!

O que fazer então? Como fazer para não nadar e morrer na praia? A resposta nós já sabemos: vontade! Utilizar a vontade é exercitar um pensamento positivo toda vez que um pensamento negativo surgir: Sei que passar no vestibular dá bastante trabalho, mas eu tenho muitas capacidades e quero pagar esse preço. Eu quero realizar a prova da melhor maneira possível, por isso vou recomeçar sempre que for preciso. Essa prova é mais uma etapa da minha vida e eu vou superar mais essa. Dá-lhe vontade para exercitar os pensamentos!
O que iremos sentir fazendo esse esforço mental com os nossos pensamentos? Nossos sentimentos serão os melhores possíveis: autoestima, autoaceitação, autoconfiança, autovalorização, autorrespeito, serenidade, determinação, entusiasmo, etc. Com isso, estaremos muito mais tranquilos na hora da prova e o vestibular que parecia um “monstro” terrível, vai se tornando algo realmente possível de ser alcançado. É só chutar pro gol!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Olá!
Precisa de ajuda?