A psicoterapia consciencial é uma forma de tratamento terapêutico vivencial, cujo objetivo é auxiliar a pessoa em tratamento a desenvolver cinco sentimentos básicos: autoestima, autoaceitação, autoconfiança, autovalorização e autorrespeito, que são fundamentais para que se busque um sentido existencial, tendo como resultado uma vida plena e feliz.

Na psicoterapia consciencial o indivíduo passa por um processo reflexivo-vivencial, no qual realiza-se um processo educativo tendo como base a Psicologia consciencial por meio da técnica do diálogo terapêutico-reflexivo, bem como em sessões em estado modificado de consciência. Nesse processo a própria pessoal experiencia de forma global uma reeducação as suas emoções, percepções e cognição.

O estado natural de nossa mente é a ordem, isto é, a harmonia consigo mesma e com o meio-ambiente. Quando essa harmonia existe, a mente funciona como uma totalidade, o que resulta no que se chama de saúde mental.

Quando existem perturbações e desarmonia, a mente torna-se bloqueada, e apresenta aspectos traumáticos que podem resultar em vários distúrbios, tais como, ansiedade, depressão, angústia, fobias, stress, insegurança, impulso suicida, complexos de inferioridade, insônia, ciúme exagerado, instabilidade afetiva, sentimentos de rejeição, solidão, abandono, raiva, ódio, etc. Pode apresentar também distúrbios psicossomáticos e dificuldades no relacionamento interpessoal.

Vários são os métodos utilizados na prática da Psicoterapia consciencial, cujos objetivos são os de facilitar a pessoa a entrar em contato consigo mesmo em essência, desenvolvendo os recursos interiores com intuito de proporcionar a  mobilização do seu potencial de autocura.

As técnicas terapêuticas conscienciais possibilitam à pessoa um auto-encontro amoroso, no qual se busca uma proposta madura de resolução dos conflitos por meio da transmutação das energias desarmonizadas, desenvolvendo-se o amor que se encontra presente de forma latente, em cada um de nós.  Com esse intuito utilizam-se técnicas de  reflexão, exercícios de relaxamento e visualização, regressão de memória a situações traumáticas vivenciadas no passado, renascimento essencial dentre outras, de modo a proporcionar uma viagem profunda ao interior de si mesmo em busca de um estado de plenitude.

A finalidade principal da psicoterapia consciencial é possibilitar que o indivíduo trabalhe em função do seu próprio desenvolvimento, por meio do autoconhecimento, do autodomínio e da autotransformação, de modo que haja uma maior autoconsciência em relação à vida.

A psicoterapia consciencial é realizada com sessões semanais ou quinzenais de até uma hora de duração, podendo ser feita de forma intensiva com uma sessão pela manhã e outra à tarde, no caso de pessoas que estão impossibilitadas de uma frequência extensiva, como os clientes do interior ou de outros Estados do Brasil.

Em caso de pacientes de outros Estados do Brasil e do exterior o processo terapêutico pode ser realizado utilizando-se o Skype.

Nossa Equipe está pronta a te atender.
Enviar mensagem