0
  • Carrinho vazio

    Você não tem nenhum item no seu carrinho de compras

0
  • Carrinho vazio

    Você não tem nenhum item no seu carrinho de compras

Digite a palavra chave

post

Você sabe o que é o autoengano emocional?

Você sabe o que é o autoengano emocional?

Neste artigo sobre inteligência emocional vamos analisar a incongruência entre pensamentos e sentimentos gerador de um processo de autoengano, no qual a pessoa diz uma coisa e sente outra.
Saber como funciona o autoengano é muito importante para desenvolver a inteligência emocional.
Reflitamos, a seguir, sobre o artigo.
As doenças, tanto as mentais/emocionais quanto as físicas, são resultado da energia mental mobilizada de forma negativa.
Quando mantemos pensamentos e sentimentos negativos geramos impactos mentais nas células, bombardeando-as, intoxicando-as.
A energia mental se torna tóxica e produz uma série de doenças.
Quando mobilizamos a energia mental de forma positiva, nutrindo pensamentos positivos e sentimentos amorosos as células sentem toda essa energia mental salutar, tornando-se mais saudáveis.

 Como se manifestam os pensamentos e os sentimentos
A figura acima traz, esquematicamente, o modo como se manifestam os pensamentos e sentimentos.
Existe uma estrutura profunda composta de pensamentos e sentimentos que são originados na própria mente e que se manifestará por meio do cérebro.
Essa estrutura profunda se manifesta por meio da estrutura superficial, a linguagem, isto é, aquilo que falamos, comunicando-nos pela mensagem e pela metamensagem.
A mensagem é o verbal. As palavras são luvas que vestem o pensamento. É por meio das palavras, da ação verbal que o pensamento é decodificado.
O pensamento é a estrutura profunda, originado na mente decodificado de uma forma superficial, por meio do verbal, que é a mensagem, as palavras usadas para decodificar o pensamento.
Porém, não existe a mensagem sem a metamensagem.

Energia mental e comunicação
A figura acima aborda a energia mental e a comunicação, trazendo a diferença entre a mensagem e a metamensagem.
O prefixo ‘meta’ significa além de, aquilo que transcende.
Literalmente metamensagem significa além da mensagem, aquilo que transcende a mensagem.
A metamensagem é como se fala.
O nosso corpo, principalmente a face, fala juntamente com as expressões verbais, gerando um colorido próprio ao verbo, às palavras.
Quando falamos utilizamos gestos, expressões faciais, damos ênfase a determinadas palavras, mudamos o tom de voz, a velocidade como exprimimos as palavras etc.
Tudo isso compõem a metamensagem.
A mensagem verbal é algo relativo aos pensamentos, já a metamensagem diz respeito aos sentimentos, que produzem as emoções viscerais.
Como os pensamentos são mais abstratos é muito fácil manipular a mensagem, já a metamensagem é muito difícil de se manipular, devido à energia própria dos sentimentos.
Não há como ludibriar o sentimento, porque ele se manifesta por meio da emoção visceral, expressa no próprio corpo.

Leia também:

Como se libertar da energia mental tóxica

Por isso, é possível perceber quando uma pessoa está mentindo, pois ela diz uma coisa, mas está sentindo outra.
Ela expressa verbalmente o pensamento mentiroso, mas há uma incongruência no âmbito da metamensagem.
Às vezes tentamos enganar-nos dizendo: eu quero muito mudar a minha vida para melhor, porém essa mensagem verbal está totalmente incongruente com a metamensagem não-verbal.
A forma como a pessoa diz não é firme, determinada, tornando-se apenas um desejo fugaz.
Essa pessoa passa uma mensagem em nível do pensamento, que é muito bem elaborado, que ela até automatiza como um chavão repetido continuamente, movida pelo autoengano, no entanto, ela vive falando que quer mudar a sua vida para melhor, mas todo o seu movimento é contrário a isso.
O que tem real valor não é aquilo que se fala, mas aquilo que se pensa, verbaliza-se e sente-se, tornando a mensagem congruente com a metamensagem.
É claro que em sã consciência todas as pessoas dizem que querem ser saudáveis. Contudo, é importante a congruência entre o verbal e o não-verbal, porque nenhuma pessoa lúcida vai dizer que quer ser doente, ser infeliz, mas não basta dizer palavras positivas se o não-verbal está todo voltado para a doença e para a infelicidade.
Não há equilíbrio e saúde sem congruência. É necessário fazer escolhas a respeito do que realmente queremos para nossa vida com o intuito de sermos congruentes, de modo a usar a energia mental de forma positiva.

Assista também:

 
Se gostou do artigo, compartilhe-o. Deixe o seu comentário sobre o que você achou deste artigo, ou a sua pergunta, se tem alguma dúvida. Sugestões de temas para futuros artigos também são bem-vindos!
 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Olá!
Precisa de ajuda?
Powered by