0
  • Carrinho vazio

    Você não tem nenhum item no seu carrinho de compras

0
  • Carrinho vazio

    Você não tem nenhum item no seu carrinho de compras

Digite a palavra chave

post

A força interior que você pode usar em momentos desafiadores como nesta pandemia, saiba como desenvolvê-la

A força interior que você pode usar em momentos desafiadores como nesta pandemia, saiba como desenvolvê-la

Neste artigo, vamos refletir sobre a força interior que todos temos em nós, que provém da Essência Divina que todos somos e nos auxilia a passarmos por momentos desafiadores como a pandemia de coronavírus.

A atitude de autoaceitação é a disposição de admitir, experimentar e assumir a responsabilidade por seus pensamentos, sentimentos e ações, sem fugir, negar ou refutar, e sem se rejeitar, permitindo-se avaliar seus conceitos, vivenciar suas emoções e analisar suas ações, acolhendo-se como um aprendiz da vida sem necessariamente aprová-las ou justificá-las quando as suas escolhas forem egoicas.

Neste momento que estamos os sentimentos mais comuns são a insegurança, o medo e a ansiedade.

É muito importante que você se acolha com esses sentimentos sem reprimi-los, mas também se esforçando para evitar dar vazão a eles. 

Aceitar tudo o que vem de você como uma oportunidade de aprendizado, quando as suas atitudes forem egoicas para poder transformá-las por meio das escolhas conscienciais.

A aceitação do seu eu real aceitando que o eu idealizado com toda a perfeição que você não tem só existe em sua imaginação.

Essa atitude evita que você se comporte como se estivesse sendo julgado o tempo todo devido à sua exigência de perfeição.

Aceitar a você mesmo incondicionalmente, ou seja, estar a seu favor nas várias experiências-desafio da vida é fundamental para desenvolver o equilíbrio emocional.

Algumas pessoas rejeitam a si mesmas em um nível tão profundo que nenhum trabalho de desenvolvimento pessoal pode sequer ser iniciado até que esse problema seja superado.

Se isso não acontecer, nenhum tratamento surtirá efeito, nenhum novo aprendizado será adequadamente realizado, nenhum avanço significativo poderá ser feito.

A atitude básica de autoaceitação é aquilo que inspira você a superar seja o que for que necessite, para encontrar-se interiormente, sem cair na aversão por si mesmo, nem rejeitar seu valor como pessoa, ou renunciar a sua vontade de viver.

Esse ato primordial de autoafirmação é a base para passarmos por experiências desafiadoras, transformando-as em oportunidades de crescimento interior.

Este momento em que estamos nos pede isso.

O convite da vida é o de você se acolher com os seus sentimentos de medo, insegurança, ansiedade, e, ao mesmo tempo fazer esforços para ressignificá-los com base nas virtudes da coragem, da segurança e da serenidade.

É importante saber que as virtudes não estão fora de você e sim na sua própria essência. 

A autoafirmação é a virtude que nos leva a busca do ser que somos.

Todos nascemos para nos autoafirmar na vida.

Leia ainda: AS 2 PRINCIPAIS CAUSAS DA BAIXA AUTOESTIMA, SAIBA COMO SE LIBERTAR

É essa força que lhe impulsiona a se esforçar por manter a sua vida quando acontece uma experiência tão desafiadora que é comum entrar em desespero.

Enfim, é a força que nos impele a sair da inércia quando temos algo nos incomodando.

É a voz da força da vida.

É a força que vem da nossa Essência divina, do Ser Essencial que todos somos.

Todos nós possuímos esta força, podemos não a utilizar, deixá-la latente, mas jamais poderemos exterminá-la em nós, e cedo ou tarde ela tende a despertar.

Neste momento desafiador você pode mobilizar essa força interior, trabalhando para exercitar a virtude da autoafirmação, para afirmar que você traz um plano existencial em sua vida, com um propósito e um programa existenciais.

Na visão da Psicologia Consciencial você é um Ser imortal passando por um experiência terrena transitória, repleta de desafios, mas que tem o grande objetivo de aprendizado.

O momento pelo qual passamos é muito desafiador, mas ao mesmo tempo traz grandes oportunidades para exercitarmos virtudes que em outras situações não exercitaríamos.

Pensemos nisso!

Nos próximos artigos continuaremos a desenvolver temas relacionados à pandemia do coronavírus.

Se você gostou do artigo, compartilhe-o. Deixe o seu comentário sobre o que você achou deste artigo, ou a sua pergunta, se tem alguma dúvida. Sugestões de temas para futuros artigos também são bem-vindos!

Um Comentário

  1. Avatar
    Elieti Sueli
    added on 6 abr, 2020
    Responder

    Como Sempre Muito Instrutivo ALIRIO..Amei. Gratidão.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Olá!
Precisa de ajuda?
Powered by