0
  • Carrinho vazio

    Você não tem nenhum item no seu carrinho de compras

0
  • Carrinho vazio

    Você não tem nenhum item no seu carrinho de compras

Digite a palavra chave

post

Como desenvolver o poder de realização

Como desenvolver o poder de realização

Neste artigo, vamos refletir sobre o significado da força de vontade, como poder de realização de tudo que queremos de positivo em nossas vidas.

A chamada força de vontade é a base da própria ação da vontade.

Quando a pessoa exercita a virtude da motivação ela tem bem definido o que quer para a sua vida, e, portanto, não vai medir esforços para realizar aquilo que ela quer.

Ela vai mobilizar a força de vontade para tornar real aquilo que almeja.

A força da vontade é o exercício do poder, que todo ser humano possui, de mudar a própria vida para melhor.

O poder é algo divino dentro de nós.

Todos o possuímos, pois ele é um atributo da nossa própria Essência Divina, mas poucas pessoas utilizam esse poder, porque têm grandes dificuldades de vencer a inércia e, então, transforma as dificuldades em impossibilidades.

No entanto, apesar desse poder estar ínsito em nós, Deus não nos dá esse poder pronto.

Utilizemos de uma metáfora para melhor entendimento.

Deus nos oferece esse poder como se fosse uma semente.

As pessoas que se focam no impulso de afastamento, no qual negligenciam os esforços para sair da inércia, colocam a semente em um cofre.

É claro que, por mais valiosa que seja uma semente, ela se torna inútil se fizermos isso.

Essas pessoas estão focadas em uma falsa ausência de poder, em uma falsa incapacidade.

Na verdade, o que elas não querem é ter o trabalho de colocar a semente na terra fértil, cuidar da planta tenra que germina da semente, até se tornar uma árvore frondosa cheia de frutos.

Com certeza ela deverá fazer muitos esforços continuados, pacientes,  perseverantes e disciplinado até que a árvore esteja frondosa produzindo os frutos.

Portanto, todas as pessoas têm força de vontade como essa semente, porém se elas a guardam em um cofre, ela vai ficar ali, inútil, até que ela seja colocada em lugar adequado, que é a terra fértil.

Em realidade, as pessoas que se movimentam pelo impulso de afastamento desejam os frutos da árvore frondosa, porém não querem realizar os cuidados para que a árvore se desenvolva.

Elas invejam aqueles que têm a árvore frondosa e querem os seus frutos, contudo, esses frutos, especificamente, somente poderão ser colhidos de suas árvores e não da árvore dos outros. 

As pessoas que se motivam se aproximando daquilo que querem colocam-na para germinar na terra fértil, porque elas querem colher os frutos que essa semente produzirá e não medem esforços para terem a árvore frondosa repleta de frutos.

Como estão focadas na produção dos frutos, realizarão todo o trabalho que for necessário para cuidar da planta até que ela produza os frutos.

Saiba mais sobre: VOCÊ SABE QUAL O SIGNIFICADO DA RESILIÊNCIA PARA A SAÚDE EMOCIONAL?

Tenhamos a certeza de que todos nós carregamos a semente do poder dentro de nós, expresso pela força de vontade, bastando que coloquemos essa semente para germinar, caso queiramos, realmente, os frutos que ela produz.

Percebamos que no início do desenvolvimento da planta tenra os cuidados de irrigação, retirada de ervas daninhas, adubação devem ser constantes, pacientes e perseverantes para desenvolver a árvore até que ela se torne frondosa e cheia de frutos.

Na medida em que a árvore vai crescendo os cuidados vão diminuindo até se tornarem mínimos quando a árvore já estiver frondosa.

Na vida as coisas também são assim.

O início do processo de mudança requer esforços vigorosos, continuados, pacientes e perseverantes, contudo à medida que os frutos vão surgindo, isto é, as melhorias que vamos obtendo, torna os esforços cada vez menores.   

            Portanto, somente por meio da força de vontade é que podemos vencer a inércia e o estado de acomodação em uma determinada posição prejudicial que, mesmo incômoda, gera em nós um estado de passividade.

Todo processo de mudança requer um movimento em direção àquilo que se quer desenvolver.

Se nós almejamos algo melhor para a nossa vida somos convidados a superar a acomodação, e buscar aquilo que queremos conquistar, repletos de entusiasmo, nos motivando para as nossas realizações.

São poucos aqueles que se dispõe a realizar esforços continuados pacientes, perseverantes e disciplinados para obterem as mudanças que almejam.

As pessoas que agem assim têm os seguintes padrões de crença que as limitam: eu quero tanto ser mais tolerante e indulgente com as dificuldades dos outros, mas não consigo.

Eu desejo muito ser mais sereno, mas é tão difícil, eu não consigo, quando dou por mim já estou ansioso.

Eu quero muito ter mais harmonia na minha família, mas não sou capaz, quando vejo, já estou gritando com meus filhos, com a minha mulher. Eu não consigo mesmo. etc…

Essas pessoas estão abdicando do poder que possuem de mudar a própria vida.

Acreditam que não conseguem ou não são capazes de mudar o que almejam, mas, na realidade, estão apenas presas à inércia, pois é muito mais cômodo permanecer na mesma situação a queixar-se, do que exercer a força de vontade, o poder de mudar aquilo que dizem querer, mas que, em verdade, querem obter o que desejam sem esforço algum, como se isso fosse possível.

É fácil dizer: eu não consigo; eu não dou conta; eu não sou capaz.

Que movimento é esse? É o movimento do autoengano no qual a pessoa mente para si mesma.

Leia ainda: CONHEÇA OS TRÊS PASSOS PARA TRANSFORMAR DESEJOS EM REALIZAÇÕES

Se ela auscultar a sua intimidade com mais honestidade para saber a verdade, perceberá o seguinte padrão de pensamento: eu quero, mas eu não quero pagar o preço.

Eu não quero fazer os esforços necessários para conseguir.

Eu não quero ter o trabalho para realizar as ações necessárias para conquistar esse valor que digo que quero.

É realmente impossível realizar algo bom para nós mesmos, sem esforço, mas, se nos esforçarmos, poderemos conseguir aquilo que desejamos.

Para desenvolvermos a força de vontade e exercitarmos o poder de mudar a nossa vida, é fundamental desenvolver a fé, que é resultado da confiança em nós mesmos, em Deus e na Vida, virtudes que nos impelem a acreditar em nossa capacidade de mudar para melhor.

Após iniciarmos o processo de mudança, com a continuidade do esforço, a semente vai, gradativamente, se transformando em uma grande árvore a produzir os frutos do entusiasmo, da alegria de viver, da felicidade.

Se gostou do artigo, compartilhe-o. Deixe o seu comentário sobre o que você achou deste artigo, ou a sua pergunta, se tem alguma dúvida. Sugestões de temas para futuros artigos também são bem-vindos!

 

Um Comentário

  1. Avatar
    Sandra Quevedo Demarchi Nogueira
    added on 23 fev, 2020
    Responder

    Excelente! Concordo 100%

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Olá!
Precisa de ajuda?
Powered by