0
  • Carrinho vazio

    Você não tem nenhum item no seu carrinho de compras

0
  • Carrinho vazio

    Você não tem nenhum item no seu carrinho de compras

Enter your keyword

post

O que é inteligência Emocional?

“Inteligência emocional refere-se à capacidade de identificar nossos próprios sentimentos e dos outros, de motivar a nós mesmos e de gerenciar bem as emoções dentro de nós e de nossos relacionamentos”.

A inteligência emocional é desenvolvida a partir de cinco condições básicas:

  1. AUTOCONHECIMENTO: Ter consciência de si mesmo, conhecer a si mesmo, conhecer a própria vida, principalmente a vida afetiva. Fazer uma avaliação realista e otimista das próprias capacidades de modo a desenvolver a auto-estima e a autoconfiança.
  2. AUTODOMÍNIO: O autodomínio é fruto da auto-estima e autoconfiança. Significa ter o domínio das próprias decisões e dos próprios sentimentos; lidar com as próprias emoções de forma que facilitem a realização de suas atividades, em vez de interferir com elas. Desenvolver equilíbrio emocional para recuperar-se bem de aflições emocionais.
  3. AUTOMOTIVAÇÃO: Utilizar os sentimentos de entusiasmo, perseverança e tenacidade para conquistar os seus objetivos e metas de uma forma bem direcionada e segura, com o intuito de ter iniciativa e ser altamente eficaz; perseverar sempre, mesmo diante de revezes e frustrações. É com perseverança, entusiasmo e motivação que se consegue aperfeiçoamento e êxito nas realizações.

Leia também: Ansiedade, será que tenho?

Essas três primeiras dimensões da Inteligência Emocional dependem muito da própria pessoa e da sua relação consigo mesma: ter consciência de si mesma, controlar as próprias decisões e conseguir motivar-se. As outras duas dimensões se referem à relação com outras pessoas:

  1. EMPATIA: Entender o que os outros sentem. A empatia lembra a solidariedade. Solidariedade significa sentir com os outros, ter compaixão e compreender os sentimentos dos outros.
  2. HABILIDADES SOCIAIS: Lidar bem com as emoções nos relacionamentos; interagir com facilidade; utilizar essas habilidades para liderar, negociar e solucionar divergências, bem como para a cooperação e o trabalho em equipe. Ter alegria no convívio com as pessoas, evitando ver a vida apenas como um observador.

Gostou do artigo?
Espero ter ajudado! Se gostou desse artigo não deixe de compartilhar.
Nos acompanhe em nossas redes sociais como o Facebook, Twitter e Instagram

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Olá!
Precisa de ajuda?