0
  • Carrinho vazio

    Você não tem nenhum item no seu carrinho de compras

0
  • Carrinho vazio

    Você não tem nenhum item no seu carrinho de compras

Enter your keyword

post

Saiba como desenvolver a verdadeira Autoestima

Saiba como desenvolver a verdadeira Autoestima

Lúcia detesta olhar-se no espelho. Quando vê a sua imagem refletida, xinga-se de gorda, feia, balofa, horrorosa e isso estraga o seu dia, pois não aceita a sua autoimagem de jeito algum.

Lamenta, o tempo todo, a aparência que tem, e, ao dizer isso, expressa toda a raiva que sente de si mesma, desprezando, com isso, os seus valores, pois está fixada em uma autoimagem muito negativa. Vive dizendo: eu não posso ser, assim, tão horrorosa, por que é que nasci desse jeito? Eu não deveria ter nascido. Em consequência disso, a sua autoestima tornou-se baixíssima e desenvolveu depressão, vivendo de mal com a vida.
Essa dificuldade pela qual passa Lúcia é, lamentavelmente, muito comum. Vivemos em uma sociedade que privilegia o parecer em detrimento do Ser. Com isso, muitas pessoas que não apresentam o padrão estético dos top models da moda, modelos femininos que são sempre magras, altas, esguias, e, no caso dos homens, magros e musculosos, passam a odiar a própria aparência, confundindo o Ser que são com a personalidade transitória e o próprio corpo que tem, consequentemente passam a ter uma autoestima muito deficiente, pois acreditam que a autoestima está ligado a questões estéticas.
Por isso, Lúcia dá vazão ao auto-ódio, manifestando-o contra si mesma em forma de autorrejeição, autoinsulto, baixa autoestima, lamentações e, por consequência desenvolveu a doença mental da depressão, hoje tão comum devido ao fato da pessoa não aceitar aquilo que tem e desejar ardentemente o que não tem. No caso de Lúcia a beleza física das modelos.
Além disso, pessoas que agem como Lúcia correm sérios riscos de desenvolver doenças autoimunes, ou seja, doenças nas quais o próprio corpo cria anticorpos para se destruir, ou câncer e outras doenças degenerativas decorrentes do intenso bombardeio mental fruto da autorrejeição.

Leia mais: Saiba como se libertar do descontrole emocional

Dificilmente pessoas como Lúcia, que vivem de mal com a vida, deixam de manifestar o ódio contra os outros, pois vivem uma infelicidade que terminam por irradiar em torno de si. É o que acontece com pessoas com baixa autoestima e depressivas que irradiam infelicidade para todos à sua volta especialmente para membros da família e, caso os familiares e amigos não tomarem cuidado, podem adoecer junto com o seu ente querido depressivo.
Analisando o problema dentro de uma visão psicológica consciencial, o grande problema de pessoas como Lúcia é a superficialidade, pois estão focadas apenas em sua aparência exterior, desconectando-se, em virtude disso, da Essência Divina que são.
A verdadeira autoestima não depende de questões estéticas, mas, sim, das virtudes que cultivamos em nosso interior. Se somente pessoas que possuem beleza física pudessem ter autoestima grande parte da humanidade estaria condenada a viver sem amor por si mesma.
Para mudar esses sentimentos de auto-ódio e autorrejeição, Lúcia deve cultivar a virtude da autoaceitação, por meio de exercícios para ver suas imperfeições corporais como um convite para aprofundar nos seus valores internos, buscando a saúde espiritual, geradora da física e da emocional, em vez de tentar se enquadrar num padrão de beleza distorcido, superficial e doentio, centrado nas modelos famosas.
Ao realizar exercícios para refletir sobre o fato de que a vida é muito mais do que a aparência, e que as pessoas que passam pela provação da beleza física não são privilegiadas, já que cedo ou tarde a perderão, porque não se muda a ação do tempo deteriorando qualquer padrão de beleza, Lúcia superará a autorrejeição decorrente da superficialidade em que vive, aprofundando a compreensão dos verdadeiros valores da Vida, que são os permanentes e não os efêmeros, como os da beleza física, desenvolvendo, com isso, a verdadeira autoestima propiciadora de alegria de viver, bem-estar e felicidade.
 
 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Olá!
Precisa de ajuda?