0
  • Carrinho vazio

    Você não tem nenhum item no seu carrinho de compras

0
  • Carrinho vazio

    Você não tem nenhum item no seu carrinho de compras

Enter your keyword

post

Exercitemos o amor neste natal

Há mais de dois mil anos uma estrela brilhou intensamente nos céus do Planeta. Os astrônomos e cientistas ainda não chegaram a uma conclusão razoável sobre sua origem e natureza. Contudo, seja qual for a sua procedência e até mesmo a sua essência, o fato é que nossos corações compreenderam a mensagem que ela nos trouxe.

 A estrela da anunciação veio revelar ao mundo a chegada de Jesus, o Senhor do Amor e da Vida. Veio dizer-nos que depois Dele nunca mais seríamos os mesmos; a ponto de vermos nossa história dividida em dois grandes períodos: antes e depois d’Ele.

Hoje dois milênios depois da passagem do Cristo pela Terra, nós, que penetramos na intimidade do átomo e nos lançamos para as imensidões das galáxias ainda nos encontramos ansiosos e inseguros porque nos distanciamos de nosso roteiro original que é o amor.

Somos convidados exercitar o amor para a conquista da felicidade, da plenitude e da paz que todos anelamos.

 Neste Natal, exercitemos o amor e façamos isso de forma permanente para que a nossa vida seja um eterno natal. Cantemos intensamente a mensagem de amor a Deus e ao próximo como a nós mesmos que ressoa desde tempos imemoriais por toda parte e em todos os seres. Somente por meio da vivência deste amor cantado pelo Mestre dos mestres é que poderemos ter um mundo mais feliz, onde a criminalidade, a fome, as guerras, as drogas, os desastres ecológicos, enfim toda violência contra o Ser Humano e a natureza sejam banidos definitivamente do nosso Planeta.

Sabemos que esta será uma tarefa muito desafiadora, que dependerá da contribuição de cada um, por menor que seja, pois como atesta uma das maiores vozes que cantou o amor ensinado pelo Mestre no século passado: Madre Tereza de Calcutá, que quando desafiada por um jornalista, dizendo a ela que o seu trabalho era uma gota d’água no oceano, respondeu com imensa sabedoria: “Eu sei que o trabalho que realizo é uma gota d’água no oceano, mas sem ele o oceano seria menor”.

A tão esperada era de Aquarius não será uma dádiva dos céus, mas uma construção de todos nós, que necessitará de muitas gotas d’água, neste oceano imenso das necessidades humanas.

Nós do Instituto Brasileiro de Plenitude Humana fazemos votos, carinhosamente, que a Luz Crística do Amor se manifeste em todos os corações, hoje, amanhã e sempre.

Sejamos felizes, exercitando o amor em toda a sua plenitude!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Olá!
Precisa de ajuda?